8 Razões para amar as E-Bikes

8 Razões para amar as E-Bikes

As vendas de bicicletas elétricas estão aumentando. Aqui estão alguns motivos pelo os quais todos as amam e por que provavelmente você também o fará.


Você já viu nosso último post? Serra do Caparaó


O QUE DIZEM OS NÚMEROS

A primeira coisa que você deve saber sobre as bicicletas elétricas é que elas vieram para ficar. Aceite.

As vendas de bicicletas elétricas aumentaram incríveis 91% apenas entre 2016 e 2017, de acordo com a empresa de pesquisa de mercado NPD Group. É uma indústria de US$ 15,4 bilhões desde o ano passado e não há sinais de desaceleração. Em 2019, as vendas de e-bikes ultrapassaram as vendas de bicicletas tradicionais na Holanda.

Alguns vêem a ascensão das e-bikes como uma ameaça, como se as bicicletas comuns seguissem o caminho do esquecimento. Mas não tenha medo: as bicicletas elétricas não estão aqui para nos roubar o nosso modo “antigo” de pedalar. De fato, elas podem muito bem aprimorá-lo especialmente quando os hábitos de viagem e deslocamento mudam em meio a uma pandemia global. Portanto aqui está tudo o que você precisa saber sobre a revolução elétrica. 🔋⚡️


1. FACILITE A PEDALADA

De um modo geral, as bicicletas eletrônicas são bicicletas com uma “assistência” alimentada por bateria que vem através do pedal e, em alguns casos, de um acelerador. Quando você empurra os pedais em uma bicicleta elétrica com auxílio de pedal, um pequeno motor engata e lhe dá um impulso, para que você possa subir morros e navegar por terrenos difíceis sem se cansar ou minimizando os efeitos do cansaço. Além do recurso de assistência ao pedal, algumas bicicletas elétricas vêm com um acelerador que aciona o motor com o pressionar de um botão. Eles pertencem a uma classe separada de e-bike que, obviamente, não oferece uma experiência pura de ciclismo e é mais comumente utilizada para mobilidade urbana.

2. ELAS VÃO BEM RÁPIDO…ATÉ CERTO PONTO

Quanto mais você pedalar, maior o impulso, mais rápido você irá – até certo ponto. As bicicletas elétricas permitem que você pedale rapidamente, mas não são motos (óbvio). Você nunca vai percorrer a estrada a 80km/h. O motor é controlado para parar de impulsioná-lo quando você atinge de 30 a 45km/h, dependendo da bicicleta, marca e modelo. Assim, você economiza tempo em seu trajeto (economiza cerca de três minutos em uma viagem de oito quilômetros), mas ainda curte a paisagem.
Você também pode controlar o tamanho da assistência que recebe. A maioria das bicicletas elétricas vem com um interruptor que permite ajustar a configuração de impulso de “eco” (baixo) para “turbo”(alto), para quando você quiser um pouco mais de força para ajudá-lo, por exemplo, a subir uma escalada íngreme.

3. VOCÊ VAI PEDALAR MAIS, MESMO QUE JÁ ANDE MUITO

Adquirir uma bicicleta elétrica pode aumentar drasticamente a frequência com que você pedala, de acordo com uma pesquisa com quase 1.800 proprietários de bicicletas elétricas na América do Norte. Antes, 55% dos entrevistados disseram andar diariamente ou semanalmente. Depois de comprar uma bicicleta elétrica, esse número subiu para 91%. Faz sentido: mesmo que você esteja em boa forma, ainda se cansa provavelmente de treinar ou correr. Se você tem uma bicicleta elétrica, pode continuar andando enquanto dá uma pausa nas pernas cansadas. Você também pode ir mais rápido, o que torna o ciclismo para viagens mais longas mais atraente, mesmo quando você está pressionado pelo tempo.

Para quem não é frequente, as e-bikes abrem um mundo totalmente novo. Embora você possa não estar condicionado a percorrer +80km por vez, você pode percorrer essas distâncias facilmente com uma assistência elétrica, que é uma ótima maneira de criar resistência e confiança mental. A mesma pesquisa constatou que 94% dos não-ciclistas andavam diariamente ou semanalmente depois de comprar uma bicicleta elétrica.

4. EXISTE UMA BIKE ELÉTRICA PARA TUDO

Cite uma modalidade de ciclismo e provavelmente existirá uma bicicleta elétrica para isso. Se você não tem interesse em uma bicicleta de estrada elétrica, pode se deparar com uma bicicleta de carga eletrônica de alta capacidade que pode transportar 100kg de material enquanto ainda anda a 25km/h. Encontramos elétricas nas fat-bikes , cargueiras e de passageiros, recreativas, hardtail, full suspension, gravel e até road bikes de alto desempenho.

5. SIM, VOCÊ AINDA FAZ EXERCÍCIO

As e-bikes fazem apenas parte do trabalho para você, mas ainda contam como exercício, principalmente para pessoas que de outra forma foram sedentárias. Pesquisadores da Universidade do Colorado descobriram que, quando um grupo reunindo 20 homens e 20 mulheres que não se exercitavam pedalaram cerca de 40 minutos durante três dias por semana, eles melhoraram sua aptidão cardiovascular e açúcar no sangue em apenas um mês. Muitas pessoas não estão em forma o suficiente para pedalar o tempo necessário para obter benefícios significativos de saúde e fitness com o ciclismo. Coloque-os em uma bicicleta elétrica e eles podem sair e andar por uma hora e fazer uma quantidade significativa de exercício.

6. AS BATERIAS ESTÃO EVOLUINDO RÁPIDO

No momento, você pode esperar que sua bateria dure de 60km até aproximadamente 150km até ser recarregada. O local em que você cai nessa faixa depende do tamanho da bateria, peso transportado e da quantidade de energia que o motor consome durante o percurso e seus obstáculos. Obviamente, se você configurar no “turbo” o percurso todo, o consumo fica mais rápido do que se você usar em configurações mais baixas e econômicas. Mas também esperamos que as baterias melhorem no futuro de curto prazo, reduzindo seu tamanho (o que ajudaria no design das e-bikes, peso e durabilidade).


Como você transporta sua e-bike? Se liga nos lançamentos de Truckpad NOMAD com presilhas pra ebike!

Visite a loja https://www.nomadsports.com.br/c/transbike


7. AGORA, VOCÊ PODE ATÉ COMPETIR COM E-BIKES

Não é tão louco quanto parece. Na Europa, onde o mercado de bicicletas elétricas explodiu, a União Europeia de Ciclismo criou um novo circuito de corrida para bicicletas elétricas, incluindo bicicletas de estrada e de montanha, para a temporada de 2019/20. Seguindo o exemplo, a UCI incluiu uma competição de mountain bike elétrica no Campeonato Mundial de Mountain Bike de 2019. Sim, uma rainbow jersey foi premiada com o melhor e-mountain biker do mundo!

A Specialized lançou em Janeiro deste ano a primeira equipe de e-bike do Brasil. “A força para pedalar mais trilhas” é mais do que um slogan da Specialized para sua família de mountain bikes elétricas, Turbo Levo. A E-MTB é a mais nova “arma” do time Specialized Racing BR que tem uma divisão de atletas totalmente dedicada à e-bike, com Nataniel Giacomozzi no Enduro, Isabella Ribeiro e Érick Bruske no e-XCO e e-XCE, respectivamente.

8. AQUI ESTÁ O FUTURO DA MOBILIDADE URBANA

Todos os principais fabricantes de bicicletas – e literalmente dezenas de outras menores – já estão no jogo da e-bike. As empresas de automóveis não estão muito atrás. A Ford bancou um sistema de compartilhamento de bicicletas elétricas em San Francisco, e a GM lançou duas e-bikes próprias. A indústria automobilística está entrando com os dois pés, porque eles percebem que os carros em áreas urbanas de alta densidade, onde vive mais da metade da raça humana, simplesmente não estão mais funcionando. Com grandes players de transporte, como Uber e Lyft, obtendo enorme sucesso com as bicicletas eletrônicas e cidades procurando maneiras de aliviar o congestionamento do tráfego, os programas podem continuar a se expandir em escala global.

E aí, qual sua opinião antes e após ler nosso conteúdo? Esperamos que tenham curtido mais um blog post feito especialmente por quem pedala 🔋🚵

Contem pra nós ali nos comentários como podemos melhorar e compartilhe o conteúdo!

3 comments

Muito relevante o conteúdo. Parabéns!

Senti falta de ilustrações/fotos de exemplos das diferentes bicicletas, além de infográficos com detalhes importantes, como faixas de preço para cada tipo, e links que remetam a possíveis compras.

Perguntas;
1) Existem bicicletas elétricas produzidas por empresas brasileiras e com tecnologia nacional?
2) Há assistência técnica efetiva em nível nacional com preços justos?

Oi Osnaldo, tudo bem? Cara, muito obrigado pelo seu comentário e sugestão. Vamos aplicar nas próximas!

1) Sim, existem e bikes no Brasil e uma das principais opções está no catálogo da Sense.
2) A assistência técnica opera normalmente em qualquer bicicletaria ou loja parceira da marca. Você não encontrará dificuldades de manutenção porque se trata de uma bicicleta normal. A questão elétrica, hoje no Brasil, já está muito consolidada.

Um abraço!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *